domingo, 30 de janeiro de 2011

Domingo.

Acordei era 15:30, com o gosto do alcool na boca, e o cheiro de cigarro no cabelo.
O ventilador fazia com que meus pés sentissem cócegas ao bater o vento.
Eu não sabia muito bem no que pensar, a nao ser que precisava de um banho e relaxar.
Algum mal jeito, deitada, consegui dar em minha panturrilha direita, fazendo eu sentir dor, quase chorar, não conseguia me mexer, quase me pus a gritar.
Meu celular tocou, alguém que eu amo me chamou.
Então fiquei deitada na cama, olhando pro teto. Minha visão parecia preta e branca, pouca luz... pouco ar.. sempre o mesmo ar, sempre o mesmo ar.
Levantei, tomei meu banho, me pus a brincar com o cachorro.
Domingo.
Nada a fazer em um domingo.


5 comentários:

  1. quem dera eu possa mudar isto ?

    ResponderExcluir
  2. posso e irei fazer,  
       acredite !

    ResponderExcluir
  3. se fosse eu, vc saberia minha Pipous!!! ;)

    ResponderExcluir
  4. é vdd Caioca, eu saberia. humm, quem será o anônimo?

    ResponderExcluir